Exercício n° 1 de Tríades Abertas: Leia as orientações na partitura
O exercício tem dezenas de dedilhados possíveis. Por exemplo, o 1° e o 2° acorde tem 5 digitações possíveis cada um, isso significa que apenas entre o 1° e o 2° acorde haveria 25 opções de digitação (5X5=25)
Na prática, o que orienta a digitação de cada acorde é a proximidade. Por isso, o ideal é procurar a região no instrumento que permita tocar todos os acordes – ou a maioria deles – sem ter que mudar para outra região. Com “região” nos referimos às 5 regiões do CAGED. Levando em conta que a tonalidade desta peça é Mi bemol, o ideal é achar uma das cinco regiões de Mi bemol em que a maioria destas tríades abertas se “encaixem”.
Cabe ao aluno descobrir qual região é essa (pode ser mais de uma)

Clique aqui para ouvir o playback